Número total de visualizações de página

6.08.2012

YESBUTTERS OR WHYNOTTERS...

Tim Soloman, CEO da Ogilvy Portugal, discursou e foi talvez o seu, o melhor momento da noite. Não que tenha dito coisas novas... Apenas porque me pôs a pensar sobre as coisas velhas que todos nós já sabemos e, sobretudo, sobre essa necessidade premente e crescente de sermos, dia a dia, nos nossos trabalhos e nas nossas vidas, o mais criativos possível. 

A propósito da criatividade, das novas ideias, dos desafios, do derrubar barreiras e expormo-nos perante o novo, diz Soloman que as pessoas se dividem em dois grupos: Os "Yes, butters"... e os "why notters". Gostei! E vim para a casa a pensar sobre o assunto... 

De facto, ele tem razão... Há as pessoas que, perante uma nova ideia, dizem Sim, logo seguido de um mas... São os convencinais, os castradores, os que matam ideias, projetos, empresas, países... E há os outros... Os que, sem medo, se atiram para as coisas e fazem o mundo avançar. 

Quero convencer-me de que após ter já dito muitos Sim, mas..., faço finalmente parte do segundo grupo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: