Número total de visualizações de página

6.12.2012

QUANDO...


Pediu-lhe para definir o que sentia e ela respondeu-lhe:

" - Sabes, quando, de repente, tudo aquilo a que estavas habituado, deixa de fazer sentido? Quando te apetece parar os relógios e ficar abraçado para sempre? Quando sentes o teu mundo desabar porque, de súbito, esse deixou de ser o teu mundo? E quando olhas em redor e a pessoa que tu amas não está e não percebes porquê? Quando te sentes incompleto, estranho, inseguro, carente... porque simplesmente te apavora a ideia de não seres amado desta forma louca e brutal? Quando qualquer sinal é suficiente para te fazer vibrar outra vez? Fazes ideia do que é amar de novo, quando já nem te lembravas como era? E querer tudo do outro, sem concessões? Sabes o que é não querer restos nem migalhas mas querer dar e receber tudo, tudo, tudo...? 




Achas que algum dia vais entender o que é sentir tudo isto ao mesmo tempo?"

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: