Número total de visualizações de página

6.28.2012

DA ANORMALIDADE DO SISTEMAS OU DA INEFICÁCIA DOS PROFESSORES?

Acabei a primeira reunião de avaliação. Estou de tal forma enjoada que admito vomitar a qualquer momento...
Perante a decisão de passar de ano os alunos com quatro negativas, opus-me. Provocando de imediato uma reação de defesa  na responsável da reunião... que me olhou como quem pensa: - Vem aí chatice e o que eu quero mesmo é desaparecer daqui e despachar esta treta com o mínimo de atrito possível. Ok! Estavamos, até ali, exatamente no mesmo barco...
Mas insisti! Opus-me e exigi que houvesse votação. Primeiro, porque os ditos alunos revelaram comportamentos antissociais, total falta de educação e respeito pelos mais básicos valores e atitudes, falta de interesse e uma postura mais de animal do que de pessoa...
Não, não se espantem. Várias vezes, ao longo este ano, pensei se estaria numa sala de aula ou numa estrebaria... desabafos de realidades que só os mais corajosos admitem existir dentro de uma sala de aula em algumas escolas públicas do nosso país. 
A reunião de hoje mostrou-me o que eu já pressentia: em situações limite, perante a necessidade de dar a cara, de assumir decisões, os professores são cobardes. Houve mesmo uma professora mais afoita que disse com bravura: "É melhor não mexer, se não estamos tramados!" :)
A verdade é esta: O aproveitamento e comportamento da turma em questão foram considerados insatisfatórios. Marcaram-se visitas de estudo a que nenhum aluno compareceu e, facto, num total de 24 alunos, apenas quatro transitaram por mérito próprio. Os outros três transitaram porque as suas notas foram votadas.
Manifestei por isso a minha oposição perante o facto de estes três alunos verem as suas notas votadas. Não fazia sentido.... Ao que me foi dito que se os não passássemos com quatro negativas, eles meteriam recurso, o problema iria a Conselho Pedagógico e eles passariam... Nós teríamos entretanto de realizar mais reuniões... o que seria uma enormíssima chatice. Tem razão...Talvez tenha razão... Não se aguentam mais reuniões... Mas muito menos se aguenta presentear alunos de péssimo aproveitamento e comportamento animalesco com uma transição dada de bandeja, sob pena de estarmos a aumentar ainda mais o número de anormais à solta pelas nossas escolas e pelo nosso país.
Mas a culpa não é do sistema... A culpa, não tenham dúvidas, é dos professores.. A decisão e posição tomadas nesta reunião refletem o estado do sistema educativo. E nas escolas, reflexo de um país moribundo, consatatei hoje mais uma vez: abundam professores cansados e desistentes (de pensar?)... que passam os alunos à toa só para poderem evitar repetir procedimentos burocráticos a que todos queremos fugir... É o que temos! Vive-se com isto ou fica-se, como eu hoje, logo de manhã, com vontade de vomitar.
Mas quando é que eu deixo de pensar e me junto ao grupo dos desistentes?

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: