Número total de visualizações de página

6.12.2012

A MINHA ALMA



Não sei se alguma vez conheceste a minha alma. Mas sei que há muito tempo que não conversas com ela, não sabes o quanto ela mudou, o quanto ela está a pedir desesperadamente para 
que a oiças.

Ou já não. O prazo acabou. A minha alma já não precisa que a oiças. Porque agora encontrou maneira de se ouvir a si própria.

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: