Número total de visualizações de página

6.21.2012

LÁ ESTAVA ELE...

Nove da manhã. Matemática. Entraram. Por ordem. Sentaram-se. Sala cheia. Putos. A rondar os quinze anos. Jeans. T-shirts. Ténis Nike. Mochilas. Calculadoras. Canetas...
Contidos. Aguardaram pelo enunciado. Fiz a distribuição. Do exame. Das folhas de rascunho. Conferi as identidades. Assinei as filhas. Ia já sentar-me quando... 
Lá estava ele... estrategicamente colocado, após te sido ajeitado com cuidado em cima da calculadora... Olhei de novo. Pensei ter visto mal. Era. Era mesmo... uma figura de cristo em madeira castanha...
Sentei-me e fiquei a pensar nesta improvável equação...

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: