Número total de visualizações de página

6.28.2012

MORTE SÚBITA

Cada um escolhe a forma como se embrutece. Eu cá tenho a minha que consiste em criar teorias para os factos que vou observando...
Durante a emissão do jogo Portugal-Espanha avancei com uma teoria que me parece muito mais útil à saúde pública do que aquilo a que a UEFA nos obriga a assistir uma vez que aquela coisa dos penalties que acontece após o prolongamento provoca, a meu ver, deficiências cardíacas graves nos seres menos fortalecidos no tal músculo. Tenho pois dito.
Ora, em plena sucessão de penalties, ocorreu-me informar a malta que me rodeava que, se eu mandasse nestas coisas dos futebóis, esta parte do jogo não existiria. Para mim, os jogadores deveriam continuar a jogar simplesmente até irem, um a um, caindo desfalecidos no relvado. 
Isso sim, seria morte súbita... E pronto...

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: