Número total de visualizações de página

9.04.2012

DÚVIDAS

Pode a paixão aparecer subitamente como uma flecha?
Há ligações amorosas fortes, médias e fracas? O que as distingue?
Há experiências eróticas que ficam marcadas em nós para sempre?
Pode a paixão irromper entre dois seres totalmente estranhos um ao outro?
Pode o enamoramento provocar caos, confusão e desordem?
Por que nos enamoramos?
É o enamoramento um acto de maturidade ou de imaturidade?
É possível estar enamorado e continuar a fazer explorações amorosas?
São, como dizem os experts, os grandes amores acelerações do processo de mudança, do movimento para  a frente dos indivíduos?
Quando é que se sabe se o estado de enamoramento avança para outro estado ou morre ali?


Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: