Número total de visualizações de página

11.30.2012

A PROF DE FILOSOFIA

 - É um prazer, professora. - não respondi.
- Quer dizer que veio entregar o seu currículo. - também não respondi. Mas fitei-o longamente.
O homem sentiu-se incomodado com o meu olhar mas continuou a fingir que dominava perfeitamente a situação.
- Informaram-me que vinha da parte de ...
- Informaram-no mal. - respondi apressadamente. - Não venho da parte deles. Venho da parte da professora de Filosofia que os senhores expulsaram há quinze dias. O homem empalideceu.
- A professora de Filosofia enforcou-se. - disse-lhe. Pendurou uma corda no tecto e estrangulou o pescoço. E os senhores apertaram bem o nó. O senhor e todos os alunos deste colégio, que um dia serão como o senhor. O senhor e todos os futuros empresários, deputados, e banqueiros e inúteis que inundam este colégio. Medíocres. Pura mediocridade embrulhada em plástico, esta gentinha dos colégios privados, conservadores e hipócritas...

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: