Número total de visualizações de página

9.18.2014

AS PALAVRAS



Por isso, não… as palavras não me magoam porque há muito que habito com elas e, juntas, habituámo-nos a ver a lua cheia iluminar a minha cama. E o peso do meu peito vem de longe, com os tempos e perseguir-me-á. Habituei-me a ele e juntos, partilhamo-nos, como às palavras... 

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: