Número total de visualizações de página

3.02.2011

A MORALIDADE DE NÃO TRABALHAR

Enquanto me ausento POR UNS DIAS e me afasto desta máquina, deixo-vos algumas ideias para reflexão:
(extraídas do livro de Zelinski de que vos falei anteriormente, Editorial presença)

1. Volte a ser criativo em tudo o que faz
2. O melhor teste da qualidade de uma civilização é a qualidade dos seus tempos livre (Irwin Edman)
3.Não existe maior estupidez no mundo do que passar a maior parte da vida a ganhar a vida
4. Ser Yuppie significa ser-se um falhado com êxito
5. Trabalhamos para ter COISAS!
Atenção: Respondendo a alguns comentários, gostaria de dizer apenas que é possível ser feliz trabalhando menos, "esfolando-nos" menos e optando por uma vida de mais tempo livre de qualidade. E isto não implica necessáriamente ter muito dinheiro. Os melhores momentos passados são aqueles em que nem sequer tivemos de gastar nada. Já pensaram nisso? Claro que há necessidades básicas que terão de ser satisfeitas, mas o resto será mesmo necessário e/ou essencial à nossa satisfação pessoal?

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: