Número total de visualizações de página

7.24.2012

O DIA EM QUE O MEU TEMPO ESTICOU

Há dias, uma pessoa de ar stressado perguntou-me: - Como faz para gerir tão bem os seu tempo?
Ops! Já enganei mais uma, pensei... Mas disse-lhe o que penso sobre o tempo... que é a coisa mais democrática que existe e que contrariamente ao dinheiro, o tempo é igual para todos: 24 horas por dia sem tirar nem pôr.
A verdade é que cada pessoa gere o tempo à sua maneira e parece que este não chega para tudo. Apesar das dificuldades, julgo conseguir gerir o meu tempo. E expliquei à dita pessoa que a primeira coisa a aprender é a palavra NÃO; a segunda, é aprender a fazer DELETE sem medos nem complexos e sem olhar para trás.
Uma das coisas que mais atrapalha a gestão do tempo é a dificuldade em selecionar, em peneirar, em excluir... Quando estamos entupidos com excesso seja do que for, a coisa só pode acabar mal. Por isso, eu começo sempre por deitar fora o que não me interessa (há sempre qualquer coisa que, se a olharmos segunda vez, não nos interessa para nada).
Outro skill fundamental da gestão do tempo é saber distinguir oque é urgente do que é importante porque há coisas urgentes que não são importantes... Por isso, expliquei-lhe, passo a passo, as minhas estratégias que ela ouvia esbugalhando os olhos como se eu fosse uma extraterrestre. Sim, escrevo na agenda todas as tarefas que quero realizar e atribuo-lhes um tempo de execução. Sim, há tarefas que ficam por concluir e passo-as para o dia seguinte. Sim, deixo sempre um tempo para os imprevistos que ocorrem sempre sempre graças a Deus...  Sim, apesar se definir objetivos, eu também deixo a minha fluir ao sabor do vento, sopre ele de onde soprar... Disse-lhe que o grande caos da minha vida é a minha secretária contra a qual luto diariamente. Não, não gosto de post its, irritam-me desmedidamente, detesto aqueles papelinhos multicolores espalhados por ali.
Sim, fujo dos ladrões de tempo quando preciso de concluir uma tarefa importante. Ladrões de tempo? Sim, verdadeiros ladrões de tempo como o telefone, o facebook, os filmes no you tube, os mails, a tv ou simplesmente os meus gatos a pedirem-me festas...

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: