Número total de visualizações de página

10.26.2012

CORRER RISCOS

Comecei um curso de criatividade pela Universidade de Stanford. Quero que a minha vida  sirva para construir uma manta de retalhos e não para me limitar a completar mais um puzzle. Porque os dias que correm são cinzentos. A maioria. Outros nem cor apresentam. E eu só posso continuar à procura da criatividade perdida. Tento rodar-me de pessoas criativas mas são tão poucas...Tento manter-me alerta; escrevo: coisas sem nexo mas ainda escrevo; tento afastar-me do computador e olhar atentamente para o mundo lá fora; procuro bater os meus próprios medos; ouço música que nunca antes tinha ouvido, de todos os géneros; conheci pessoas novas: de diferentes culturas e línguas; procuro os filmes em estreia; vou a alguns sítios onde nunca tinha ido; quebro diariamente algumas regras e ainda não me arrependi. Acima de tudo, corro riscos... especialmente em noites de temporal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: