Número total de visualizações de página

7.01.2013

MEDO

MEDO. Agora vejo isso em ti, quando dormes, quando enganas, quando te esquivas, quando te escapas, quando procuras o café,a multidão. Relativamente a nós os dois, não consigo compreender porque não havia alguma rzão para a nossa relação ser trágica. Não havia nenhuma... Mas entretanto, ela tornou-se trágica para mim, porque nada fazes para torná-la real; tudo o que fazes dissipa, dissolve, decompõe a nossa relação. Tu volatilizas.

Anais Nín e Henry Miller, Cartas de Amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO: